Como funciona uma célula de flotação ?

02/06/2021

Se você acompanha este blog, sabe que a flotação é um processo de separação de impurezas do meio aquoso, assim como a decantação. Se na decantação é o confronto  de densidades entre materiais que irá separá-los, na flotação uma terceira substância é inserida: bolhas de ar que farão as partículas das substâncias mais densas flutuarem, separando-as do meio aquoso.

Mas , afinal, como funciona uma célula de flotação?

Siga com a leitura e entenda mais…

Funcionamento

O processo se inicia com a transformação da impureza em espuma, seguido pela sua remoção. O nome vem do inglês “flotation”, literalmente “flutuação”. A flotação pode se dar através de células ou colunas. Este processo é muito utilizado na extração mineral, em que metais e outros minérios são separados do meio aquoso impuro através da adição de óleo,  água e detergente que causam as tais borbulhas através da mistura, separando as substâncias. O mineral se condensa em bolhas e o restolho é descartado. E esta flotação pode se dar através de colunas (tubos) ou células. Uma célula de flotação é um componente da estrutura industrial que separa o minério da água, ou a água das impurezas de um esgoto (por exemplo), em seu compartimento se adicionando lama mineral que irá ser agitada (airada) até que ocorra o processo de separação.
Já a coluna de flotação, por sua vez, não mistura os reagentes através da aceleração e agitação do meio aquoso e acontece em um veio ou coluna mais vertical do que horizontal e mais estreito do que a célula. Na coluna, borrifadores irão introduzir o ar e vão criar um fluxo destas bolhas com a atuação da gravidade, segmentando as substâncias.

É um processo complexo,não é mesmo? Deixe seu comentário e nos conte se entendeu como funciona uma célula de flotação.

Leia também

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!