Entenda o diagrama de tubulação e instrumentação

12/01/2022

A tubulação industrial é o conjunto de tubos, conexões e válvulas contidos em uma linha de produção industrial e que deverá interferir na distribuição de gases, vapores e óleos pelos componentes da estrutura. Estes tubos são construídos com metais, em especial o aço carbono.  São um conjunto de tubos, de válvulas e de conexões voltado para o processo industrial, especialmente na distribuição de gases, óleos, vapores, lubrificantes e líquidos industriais em geral. Os tubos mais utilizados são constituídos de materiais ferrosos, como o tubo de aço carbono.
Já a instrumentação industrial cria, desenvolve e aplica instrumentos de controle do processo de produção na indústria e individualiza, define e direciona cada um dos instrumentos (ferramentas) utilizados na indústria.

Siga com a leitura e entenda o diagrama de tubulação e instrumentação e suas principais características.

Principais características

A característica comum a estes dois conceitos é que seu funcionamento pode ser delimitado e definido através de diagramas que irão especificar os fluxos de instalação e funcionamento de cada uma destas complexas estruturas.
Mais amplo e menos específico, o diagrama de instrumentação definirá as qualidades e tipos dos equipamentos, ou ferramentas, utilizados na estrutura, tais como ralos, redutores e conectores, e vai especificar o tamanho e as limitações e capacidades de cada um dos instrumentos da estrutura.
Estes diagramas são importantes na metalurgia e principalmente nas instalações mais complexas de usinas de geração de energia e mesmo na mera instalação de um ar condicionado, por exemplo. É imperiosa a diagramação da instalação e de seus copoentes para esmiuçar e delimitar fases destes procedimentos na montagem e funcionamento de compressores, turbinas e motores em geral.
Enquanto a tubulação será diagramada para facilitar o transporte de substâncias não sólidas, a instrumentação é mais ampla e irá apontar o material  à disposição para o funcionamento de estruturas a serem acopladas a um mesmo mecanismo de processamento de energia e força, seja ela mecânica ou biológica. Mais amplo o conceito de instrumentação,  no entanto sua diagramação será tão indispensável quanto a da tubulação, que é direcionada exclusivamente para o transporte de substâncias não sólidas. Em qualquer caso, a diagramação irá explicar de maneira gráfica e inteligível ao aparato de ferramentas e sua eficiência e utilização na criação, montagem e manutenção de qualquer estrutura – por isto e nos dois casos, estamos falando no estabelecimento de um fluxo de funcionamentos, ações e resultados.

Gostou desse conteúdo? Conseguiu entender o diagrama de tubulação e instrumentação? Continue seguindo nosso blog


Leia também

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!