Quando fazer a manutenção em uma fábrica?

13/10/2020

Existem várias espécies de manutenção de uma fábrica. Ela pode ser preventiva, para evitar problemas futuros decorrentes de seu funcionamento intenso, e também pode ser corretiva, para corrigir um defeito já existente no maquinário ou na linha de produção. As corretivas podem, ainda, ser planejadas ou não, conforme exista um problema a ser reparado ou simplesmente para otimizar o desempenho aquém do esperado na fábrica (esta é a planejada).

A manutenção também poderá ser preditiva: neste caso, a fábrica modifica um parâmetro de funcionamento e desempenho e a manutenção seguirá esta mudança de tendência, adaptando a nova sistemática às mudanças realizadas. Ou, ainda, poderá ser detetiva, visando apurar a existência de um defeito de aparelho ou função na cadeia produtiva da fábrica ou indústria.

Em qualquer caso, a manutenção da fábrica sempre poderá ser conceituada como o conjunto de ações necessárias para a correção, o restauro ou a revisão do funcionamento de peça, equipamento, máquina ou sistema industrial – tudo para maximizar sua vida útil e aperfeiçoar seu funcionamento, com ganho de qualidade e economia de meios.

A usinagem, é claro, também trabalha com a manutenção fabril, e não somente com a criação de peças ou a execução de serviços de transporte ou operacionais. O momento da manutenção será definido, obviamente, pelo tipo de manutenção que se fará, mas o ideal é que seja sempre periódica. Quando não for detetiva, que seja preventiva ou preditiva, e ao menos anual.

Gostou desse texto? Continue acompanhando nosso blog

Leia também

O que é o mandrilhamento

O que é o mandrilhamento

Procedimento pouco conhecido pelo público, o mandrilhamento é mais um dos diversos nomes peculiares utilizados no ramo...

O que é o roscamento

O que é o roscamento

Já falamos por aqui que a usinagem é uma área tão precisa que se aproxima muito da arte. É uma tecnologia e uma...

O que é a afiação

O que é a afiação

A afiação talvez seja o conceito de procedimento de usinagem mais próximo do uso vulgar do termo. Isto porque “afiar”...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!