Quais são os tipos de selos mecânicos

12/11/2020

O selo mecânico não tem nada a ver com certificação de qualidade, nem é utilizado para postagens ou etiquetamentos. Ele existe para vedar. Você sabia disso? Aposto que não…como também não deve saber, ainda, quais são os tipos de selos mecânicos!

Vamos aprender juntos?

Os selos mecânicos são utilizados em diversos segmentos industriais e existem para eliminar e prevenir o vazamento de fluidos, gases e líquidos sob pressão no interior do dispositivo: geralmente bombas centrífugas, hidráulicas e reatores.


Estas estruturas geralmente são cilíndricas, tal qual os selos que vão oportunizar segurança e eficiência maiores no funcionamento das máquinas. Isto porque ele vai vedar justamente a passagem de componentes não sólidos no espaço entre o eixo rotativo e a carcaça fixa das bombas e reatores em que é instalado.

Em aberturas que podem ser vedadas estaticamente podemos usar juntas planas, anéis “O” entre outros. Já para o eixo podemos usar gavetas ou selos mecânicos.

Sua importância é tanta que possui três pontos de vedação e é composto de alta tecnologia, tanto que pode ser utilizado em diversos segmentos industriais: alimentos, cítricos, grãos, farmácia e química, etc….

Mas afinal como funciona o selo mecânico?

As faces rotativa e estacionária encontram-se perpendiculares ao eixo e uma das faces é “empurrada” contra a outra através de mola única ou múltiplas molas. O contato axial estabelecido pela força exercida pela mola e a pressão do fluido atuante na caixa de selagem determinam o fechamento das faces realizando o que chamamos de vedação primária ou dinâmica, bloqueando a passagem do fluido para o eixo do equipamento. Já a vedação secundária ou estática é feita normalmente por anéis “O”, foles de borracha, cunhas em P.T.F.E., impedindo a passagens do fluido pelos interstícios do selo mecânico. As faces do selo são lapidadas o que conferem a elas uma rugosidade de três bandas de luz, aproximadamente 1µm, variando de acordo com o tipo de material das faces.

Interessante não é mesmo?? Continue seguindo nosso blog

Leia também

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!