Qual a diferença entre PP e PEAD em tubulações ?

26/05/2021

A tubulação é um termo técnico próprio da construção civil, e significa o mesmo que canalização ou encanamento e significa genericamente o seu significado mais óbvio: trata-se do conjunto de dutos, tubos e conexões interligados para proporcionar a difusão e líquidos.
A tubulação compõe a instalação hidráulica de uma edificação, seja ela doméstica ou industrial, prédio, casa ou galpão, e também pode se tratar de tubulação industrial em que, através dela, são distribuídos  gases, vapores e lubrificantes.
O material das tubulações varia. O tubo pode ser de  PVC, ou tubo de Policloreto de Vinila, certamente o material mais conhecido e usado no país, nem por isso sempre o mais adequado na prática. Também há tubos de CPVC, um derivado do Policloreto de Vinila, Tubo Pex e o bom e velho tubo de cobre, ainda preferível em algumas instalações específicas.
Modernamente, se usa na tubulação industrial com mais eficácia ao polipropileno (PP)polímero plástico à partir do gás de polipropileno, que produz uma resina de baixa densidade com bom desempenho térmico, químico e elétrico. É o Tubo “PP”.  
O tubo também pode ser de polietileno de baixa densidade (PEAD), mais utilizados nas redes de saneamento de água, com a garantia de resistência a impactos e substâncias químicas e que são atóxicos e de alto desempenho.  São os tubos “PEAD”.
Tanto o material do tubo PP quanto o do tubo PEAD são plásticos, e portanto polímeros. O Polipropileno é de baixa densidade e não suporta temperaturas muito baixas, abaixo de zero grau. O Polietileno resiste bem a temperaturas extremas e é mais facilmente soldável – por isto e prefere a ele em canalizações, esgotos e saneamento básico.

Gostou desse texto? Conseguiu entender qual a diferença entre PP e PEAD em tubulações ? Continue seguindo nosso blog
​​​​​​​

Leia também

Para que serve uma gaxeta?

Para que serve uma gaxeta?

Nosso blog, você sabe, fala muito de usinagem e caldeiraria: é este o negócio da Precismec, que trata da criação,...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!