Sistema de bombeamento compacto (Booster), vale a pena?

29/09/2021

O booster hidráulico é responsável por realizar a elevação e pressurização de redes de abastecimento de água, sendo muito utilizado no ramo industrial e em propriedades rurais.

Siga com a leitura e entenda mais sobre o sistema de bombeamento compacto (Booster) e se vale a pena ter ele na sua indústria ou propriedade rural.

BOMBA BOOSTER: FUNÇÃO E APLICAÇÃO

A bomba booster é um modelo de bomba d’água usado em aplicações como: sistema de nebulização em aviários e estufas, como pressurizador, lavadoras de alta pressão, abastecimento de bebedouros, bombas de prevenção e combate contra incêndio, irrigação de jardins e pequenas plantações, alimentação de caldeiras com líquidos frios, elevação de líquidos a grandes níveis de altura, filtragem e refrigeração por spray.

A bomba booster foi projetada com materiais resistentes o que proporciona sua versatilidade de aplicação nos mais diversos projetos de instalação.

VANTAGENS DE USAR A BOMBA BOOSTER

Além da versatilidade e resistência, os outros fatores que favorecem a aquisição da bomba booster são:

  • Proporciona maior pressão;
  • Equipamento leve e fácil de manusear;
  • Confeccionado em materiais nobres de alta qualidade, como o aço inox;
  • Fabricado em material não oxidante, prevenindo o entupimento dos bicos;
  • Consome pouca energia, comparado com as bombas multiestágio;
  • Diminui o dimensionamento elétrico, dos cabos, quadros de comando e disjuntores;
  • O selo mecânico é fabricado em material resistente a produtos químicos.

A bomba booster como qualquer outro tipo de equipamento mecânico precisa de cuidados de limpeza e manutenção preventiva periódica. Desta forma, é possível prolongar a vida útil do aparelho, evitar a ocorrência de falhas, desgastes ou danos, que prejudiquem o seu funcionamento.

É recomendado instalar a bomba em um local de fácil acesso para que se possa fazer mudanças e revisões quando necessário.

Gostou desse texto? Continue seguindo nosso blog

Leia também

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!