Tipos de tubos na indústria

04/11/2021

O tubo, ou tubulação,  também é chamado de conduta ou cilindro, justamente porque possui forma cilíndrica e apesar de poder ser também retangular ou de outras formas. Há um requisito, todavia, essencial em todos os formatos de tubulação: o tubo é sempre oco, comprido e usualmente feito de cerâmica, metal ou plástico. Seu diâmetro é ajustável à sua utilização, que pode se dar no transporte de  líquidos e/ou gases, na construção civil, em plataformas petrolíferas, metalurgia e motores, dentre outros.

Siga com a leitura e entenda um pouco mais sobre os tipos de tubos na indústria.

Tubos industriais

Os tubos industriais são geralmente utilizados na distribuição de gases e outros fluidos por estruturas e componentes de grande e pequeno porte, sempre em linhas de produção e instalações industriais. Lá, a tubulação mais utilizada é fabricada em ferro, inox   ou aço carbono, cuja qualidade e desempenho somente aumentaram com os avanços tecnológicos.

Fazem parte dos tubos industriais suas válvulas e conexões, sem o que seriam inúteis nas estruturas das linhas de montagem e podem ser galvanizados para tanto – um tratamento químico a que são expostos e que aumenta sua autonomia, resistência e impermeabilidade. Falamos acima que o tubo é cônico, mas na indústria eles existem quadrados e retangulares, com diferentes bitolas (mas sempre ocos). 

Preferencialmente, os tubos industriais são de alta resistência e bom custo-benefício, de fácil manuseio e proporcionalmente leves, independente do material e do formato. Apesar de ocos, vez ou outra são preenchidos com  concreto ou outros materiais para ganho de resistência de compressão.

Objetivam reduzir espaços na construção interna das plantas, seus pilares e fundações, permitindo ganho de espaço em vãos livres. Quando bem instalados, são preponderantes na montagem industrial de alta precisão com evidente aumento de rentabilidade no seu funcionamento, minorando desperdícios.

Os tubos podem ainda ser internos ou externos, conforme o local em que serão utilizados, dentro ou fora das instalações industriais. E podem ser com ou sem costura: aqui, a diferença tem a ver com a existência ou não  de soldagens e aplicações em sua estrutura. Quanto aos materiais dos tubos industriais, os metálicos são os ferrosos (aço carbono, inox, forjados) e os não ferrosos (cobre, latão, níquel, etc). Os de plástico podem ser de PVC, polietileno, epóxi ou acrílico.

Gostou desse texto?? Entendeu um pouco mais sobre os tipos de tubos na indústria? Continue acompanhando nosso blog.

Leia também

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!